quinta-feira, 10 de abril de 2008

Um amor de verdade.

Eu acredito no amor. Penso que viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida. Amar é estar conectado de corpo e alma, mas expressar os sentimentos depende das idéias de cada um. Vejo muita gente condicionando o amor a sua própria necessidade, o que o transforma em uma neurose. Muita gente passa a vida toda buscando no outro a sua própria felicidade, mais o outro deve ser complemento e não deve carregar o peso de ter que fazer a gente 100% feliz. Queremos ser compreendidos mas não compreendemos o outro. Queremos o apoio do outro mais muitas vezes não damos o nosso. Creio que a ausência do amor próprio faz com que as pessoas tenham medo do tempo, medo de ficarem sozinhas por um período, tempo esse que julgo necessário pra refletir e analisar o que é preciso fazer para conseguirmos alcançar a nossa própria felicidade.
O importante é a gente ter consciência de que nós somos responsáveis pelas nossas próprias necessidades e escolhas. Somente quem se ama pode encontrar na sua vida um verdadeiro amor.

Um comentário:

Saskia disse...

"Somente quem se ama pode encontrar na sua vida um verdadeiro amor."
Grande verdade! Só assim estamos mesmo preparados para esse encontro.