quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Aprendi

Que os amores eternos podem acabar do dia pra noite;
Que os grandes amigos podem se tornar grandes inimigos;
Que o amor, sozinho, não tem a força que eu imaginei;
Que posso ter dito que amei e no fundo descobrir que nem gostei;
Que ouvir aos outros pode ser o melhor remédio ou o pior veneno;
Que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal levamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos;
Que confiança não é questão de luxo, e sim sobrevivência;
Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram;
Que o "nunca mais" nunca se cumpre;
Que o "para sempre" sempre acaba;
Que vou sempre me surpreender, seja com as pessoas ou comigo mesmo;
Que vou cair e milhões de vezes ainda, mas a única certeza é que vou me levantar, ainda mais forte.

12 comentários:

Anônimo disse...

Aprendi, que o que eu acabei de ler acontece com todo o tempo todo, pode ser a historia de qualquer um, inclusive a minha

Anônimo disse...

Aprendi, que o que eu acabei de ler acontece com todo o tempo todo, pode ser a historia de qualquer um, inclusive a minha

Hanna disse...

Aprendi;lições que aprendemos no dia a dia,e não sairemos desta escola chamada:Mundo.
sempre haverá surpresas,o inevitável sempre acontecerá,sem ele a vida ficaria sem gosto,sendo assim,poderemos dizer:Eu aprendi.

Teste disse...

Aprendi tambem. Que viver nesse mundo é uma arte e que o tempo que alguns(como eu) temos para perceber suas nuances, pode ser curto demais...

Amelinha disse...

Encontrei na pág. do Orkut de uma amiga a seguinte frase:

"ETERNO no amor tem o mesmo significado que escova PERMANENTE no cabelo..."

NICE PINHEIRO disse...

Aprendi que devo manter minha curiosidade! Se não fosse a "danada", não teria a grata satisfação de conhecer seu blog!
Sucesso!

Gabriela disse...

Adorei teus textos, parabéns!
Além de fazerem repensar sobre as nossas próprias vidas ajudam a compreender melhor a nossa casa, o mundo.
Sucesso sempre!

disse...

Muito linda a mensagem,
Fernando, e verdadeira!
Gostaria de confirmar se de sua autoria.
Abraço.

Anônimo disse...

Dizem que escrevemos nossa história, mas muito do nosso livro da vida foi emfluenciado pelos fatores externos, sem nossa ajuda ou vontada. Lauir

Anônimo disse...

Oi Fernando!
Acho tão sofrido, hoje, dizer aprendi. Pois não se aprende sem se ter vivido, se aventurado...se machucado. Mas aí está a graça da vida, recriar-se nesse recolher de pedaços, de erros, de acertos. VIVER!!!

Anônimo disse...

Companheiro, tudo bem? Há dois anos estou vivendo exatamente isso: amor platônico! É ruim de+ meu irmão e só vc conseguiu traduzir prá mim 100% pelo quê q eu tô passando.Tu és o cara!fiquei surpreso e olhe, preciso de mais dicas de amigão mesmo, ninguém tinha conseguido me ajudar e eu péssimo,vc foi na real nua e crua, doa em quem doer e ajudou prá caramba. Encarar ficou melhor. Tu foste um remédio, vc não faz idéia pelo que estou passando e o pior é que medá esperança e dá fora, corre atrás de mim e prioriza outro e me dá bolo. já tentei de tudo. Perdi grandes oportunidades, aco q vc foi certeiro q estou onde mereço, fico lamentando mas espero acontecer. Saiba que ganhou um amigo pro resto da vida! André Revoredo.(81)87150420. andrerevoredo_2008@yahoo.com.br
Obrigadão e fica com Deus.

Ana Maria disse...

Aprendi que o amor sozinho não tem a força que eu imaginava!!
Nossa no dia em que abri seu blog e vi essa mensagem ela se encaixou exatamente no que eu estava e ainda estou vivendo, coloquei inclusive no perfil de meu orkut e claro abaixo coloquei seu blog para que outras pessoas assim como eu possam desfrutar de tantas mensagens lindas e de tanta valia para nosso dia -a - dia!!
Sou sua fã!! Amo suas mensagens!!
Abraços e um bom fim de semana!!