segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Deixe sua marca

"Homens são como estrelas; alguns geram luz enquanto outros refletem o brilho que elas recebem".

José Martí

Vocês já pararam para pensar que existem pessoas que ficam marcadas de uma maneira muito forte em nossa vida e memória? Os pais, avôs, um amigo ou um chefe. 
Eu não estou falando de heranças materiais, estou falando de legado. São pessoas que fizeram diferença em algum momento da sua vida, seja na educação, história ou atitudes. Você certamente não seria o que é hoje sem a passagem delas. E qual é o seu sentimento em relação a essas pessoas? Muita admiração com certeza.
Eu sou capaz de pensar nas pessoas que marcaram minha vida e me emociono porque tenho certeza absoluta que aprendi muito com ele(a)s. Palavras, frases, conselhos, exemplos e alguns "puxões de orelha" me ensinaram muito. Agora, se parar para pensar em cada uma, percebo que, apesar de muitas semelhanças, todas têm algo muito marcante: elas fazem a diferença na vida dos outros. São pessoas que deixam sua marca, são pessoas admiráveis e quase sempre muito amadas.
As pessoas precisam sentir que fazem a diferença. Fazendo seja lá o que for.
E você, faz a diferença?


Quero agradecer os mais de 200 e-mails que recebi ontem, a maioria deles comentando sobre o post dos amores impossíveis. Talvez seja interessante a gente voltar neste assunto. Peço que enviem sugestões.
Vou responder todos os e-mails aqui. Muito obrigado pelo carinho. Não tenho como agradecer.

Beijo e ótima semana à todos.

8 comentários:

Damaris disse...

Fiquei encantada com a sensibilidade de sua alma! O mundo está carente do amor incondicional e voce com uma linguagem simples consegue tocar o fundo de nossas almas, nos fazendo refletir de que maneira queremos deixar nossas marcas nessa nossa jornada pela vida! Obrigada!!!

NICE PINHEIRO disse...

Pois é Fernando. Nem todos reconhecem o valor das pessoas que passam em suas vidas e que marcam positivamente, e de forma tão profunda, que torna-se impossível esquecê-las. Eu me lembro de cada uma, e faço questão de não perder contato com nenhuma delas. Às vezes a vida se encarrega de desviar nossos caminhos, outras vezes a vida provoca um reencontro. E isso é maravilhoso! Cada pessoa que entra em nossa vida tem uma missão, com certeza. Você, por exemplo: talvez seus textos tenham a missão de aliviar a alma de algumas pessoas, chamar outras à realidade, ou ainda, quem sabe, despertar a alegria ou o dom de escrever em outras tantas. Como saber? Bem,a julgar pelos comentários que já li....rs. Pois é. Sucesso.
bjs
Nice Pinheiro

Anônimo disse...

Há seu e-mail aqui em algum lugar?
Bom vc falou que o post de "amores impossíveis" fez sucesso. Bem, eu teria escrito, se soubesse seu e-mail. Na minha adolescência, tive uma paixão, e ela foi platônica, esperei dos 15 aos 19 anos, quando o inesperado, mais que esperançado, aconteceu...

Saskia disse...

Boa noite! Realmente o post sobre amores impossíveis, deu o que falar... Como vc diz, o homem foi feito para sonhar e não há amor impossível, apenas ilusões que criamos e é claro nos decepcionamos. Bom, isso já me inspira um texto interessante. Até mais!

Suelane disse...

Fazer diferença é muito sutil, basta ser natural, gentil,basta ser humano, não é verdade? Quando fazemos diferença criamos laços, algo nobre nessa atualidade tão superficial!
Coisas simples que as vezes tornamos complexas sem necessidade. O certo está distorcido. Fazer a diferença e deixar que outro faça na nossa vida é viver com um diferencial maravilhoso.
Fernando, muita sorte e sucesso pois suas palavras estão sim, fazendo diferença pra muita gente!

Amanda Gomes disse...

Oi Fernando...
Sempre leio seus textos, e gosto muito do que você escreve!
De algum modo suas palavras deixam marcas em nossos corações, pode ter certeza!
Beijos!

Amanda Gomes disse...

Oi Fernando...
Sempre leio seus textos, e gosto muito do que você escreve!
De algum modo suas palavras deixam marcas em nossos corações, pode ter certeza!
Beijos!

Anônimo disse...

"amores impossíveis" está fazendo a diferença.. quem já não teve um?..e você Fernando, descreveu corretamente como é sentir que um amor é impossível ou se tornou impossível por algum motivo trágico, como no meu caso. Parece que no seu texto vc vai lá nos nossos sentimentos, lá dentro nas nossas ilusões e nos busca de lá pra realidade, rsrsr mas é assim que me senti..na verdade, amor impossível é mesmo uma ilusão pois Amor, Amor mesmo, independente da forma que se manifesta, esse é real!! não acha??
um grande abraço
Caroline